terça-feira, 21 de julho de 2015

Top 5 sinopses muito (muito) doidas

Procuro sempre me informar sobre livros e vou te contar... Tem cada coisa por aí! Juntei as sinopses mais malucas que vi e... Aí estão. Vale dizer que não estou entrando no mérito de se acho a história boa ou não. Só a sinopse mesmo, ok?? 

Preparada/o?    ^.^

TEM CERTEZA?     o.O


HAHAHAHA    ; -)


***

TOP 5 SINOPSES MUITO (MUITO MESMO) DOIDAS

1 - SELVA DE GAFANHOTOS (Andrew Smith)

" Na pequena cidade de Ealing, Iowa, Austin e seu melhor amigo, Robby, libertam acidentalmente um exército incontrolável. São louva-a-deus de um metro e oitenta de altura, completamente tarados e famintos. Essa é a verdade. Essa é a história. É o fim do mundo e ninguém sabe o que fazer.Com todos os elementos obrigatórios de um romance apocalíptico, Selva de gafanhotos mistura insetos gigantes, um cientista louco, um fabuloso bunker subterrâneo, um mal resolvido triângulo amoroso-sexual e muita, muita confusão, e está longe de tratar apenas do fim do mundo. Engraçado, intenso e complexo, o livro fala de um jeito inovador de adolescência, relacionamentos, amizade e, claro, de temas um tanto mais inusitados, como testículos dissolvidos e milho modificado geneticamente. Um romance surpreendente sobre a odisseia hormonal, amorosa e intelectual que é essa fase da vida."
O que dizer sobre "ISSO"?
Caramba.... Essa foi a sinopse que primeiro me inspirou a fazer este TOP aqui. É muito viagem! E outra! Porque o livro se chama selva de GAFANHOTOS se o livro trata de LOUVA-DEUSes??? 

Qual a chance disso dar certo?
Aparentemente grande! De todo mundo que já leu e falou sobre ele, ADOROU. Vou pagar pra ver, Só que não: lerei de graça, no Kobo, claro.

2 - A SENHORA DOS MORTOS (Rodrigo de Oliveira) 

Um ser humano dotado de um dom extraordinário, ao ser contaminado por zumbis, se transforma no Anticristo. Sua memória, dos últimos momentos como humano, está mais viva do que nunca. E agora tudo o que ele quer é vingança e destruição. Quando o mundo dos zumbis ganha uma líder, tudo pode acontecer! Acompanharemos sua jornada, a partir da cidade de Canela, no Rio Grande do Sul, formando o seu exército, atacando os focos de resistência em Porto Alegre rumo a São José dos Campos.A cada lugar por onde passa, o número de seus seguidores se multiplica... A urgência dos humanos é impedir que sua força continue crescendo e se torne indestrutível. Por meio de radiotransmissores, pequenos centros de resistência, estabelecidos onde antes eram bases militares e policiais, os sobreviventes tentarão coordenar uma ação conjunta para encontrar algum ponto fraco e destruir A Senhora dos Mortos, antes que seja tarde demais.Se lutar contra bandidos bem armados em A Batalha dos Mortos foi tenso, neste livro você vai descobrir o que é enfrentar um ser com poderes quase ilimitados, capaz de movimentar a terra, a água e o ar. A cada volume, mais surpresas aterrorizantes nesta saga!"
O que dizer sobre "ISSO"?
X-Men é atacado por zumbis e vira o anticristo. Precisa dizer mais? Sim? Tudo isso, na Serra Gaúcha! Sim! Aqui no Rio Grande do Sul!

Qual a chance disso dar certo? 
Nem ideia. E nem acho que vou tentar descobrir: esse é o terceiro livro de uma série.


3 - GOLEM E O GÊNIO (Helene Wecker)

"Realidade e magia neste aclamado livro de fantasia histórica. Os confrontos e as barreiras vividas por duas culturas tão próximas, ainda que aparentemente opostas. Em Golem e o Gênio, premiado romance fantástico que a DarkSide® Books traz ao Brasil em 2015, o leitor se transporta à Nova York da virada do século XX, em uma viagem fascinante através das culturas árabe e judaica. Seus guias serão poderosos seres mitológicos. Chava é uma golem, criatura feita de barro, trazida à vida por um estranho rabino envolvido com os estudos alquímicos da Cabala. Ahmad é um gênio, ser feito de fogo, nascido no deserto sírio, preso em uma antiga garrafa de cobre por um beduíno, séculos atrás. Atraídos pelo destino à parte mais pobre de uma Manhattan construída por imigrantes, Ahmad e Chava se tornam improváveis amigos e companheiros de alma, desafiando suas naturezas opostas. Até a noite em que um terrível incidente os separa. Mas uma poderosa ameaça vai reuni-los novamente, colocando em risco suas existências e obrigando-os a fazer uma escolha definitiva. O romance de estreia de Helene Wecker reúne mitologia popular, ficção histórica e fábula mágica, entrelaçando as culturas árabe e judaica com uma narrativa inventiva e inesquecível, escrita de maneira primorosa."
O que dizer sobre "ISSO"? 
Muito. Já comprei o meu exemplar e espero que seja um livro maravilhoso e que demonstre bem as culturas judaica e árabe, trazendo a sua própria mitologia, para... acabar com uma ameça poderosa que só D'us sabe o que é... Só faltou Jesus entrar na brincadeira monoteísta aí.

Qual a chance disso dar certo?
Olha, ainda não li nenhuma resenha sobre ele, mas estou ansiosa pra ver por mim mesma qual é o resultado dessa mistura.

4 - LOUCO AOS POUCOS - LIbba Bray

"Cameron Smith tem 16 anos e foi diagnosticado com a chamada "doença da vaca louca". Ele vai morrer. Um encontro com Dulcie, uma garota-anja-punk, o convence a partir em busca da cura. De quebra, ele terá apenas de salvar o mundo. Como ajudantes, terá Gonzo, um garoto anão neurótico, e Balder, um deus viking aprisionado no corpo de um gnomo de jardim. Junte-se a eles numa viagem repleta de questões profundas - e rasas também - que mostram que a vida não passa de uma jornada psicodélica que vale a pena."
O que dizer sobre "ISSO"? 
...
...
Não consigo fazer minha mente formar uma opinião concreta. Não sei o que comentar.
De onde vêm as "questões profundas"? =S
Qual a chance disso dar certo?
Boa pergunta.
5 - FRAGMENTADOS - NEAL SHUSTERMAN

"Em uma sociedade em que os jovens rejeitados são destinados a terem seus corpos reduzidos a pedaços, três fugitivos lutam contra o sistema que os fragmentaria. Unidos pelo acaso e pelo desespero, esses improváveis companheiros fazem uma alucinante viagem pelo país, conscientes de que suas vidas estão em jogo. Se conseguirem sobreviver até completarem 18 anos, estarão salvos. No entanto, quando cada parte de seus corpos desde as mãos até o coração é caçada por um mundo ensandecido, 18 anos parece muito, muito longe. O vencedor do Boston Globe-Horn Book Award, Neal Shusterman, desafia as ideias dos leitores sobre a vida: não apenas sobre onde ela começa e termina, mas sobre o que realmente significa estar vivo. "
O que dizer sobre "ISSO"?
A sinopse assim como está não parece ser tão louca assim, mas acabei de ver um video sobre a história desse livro. É muito muito viajante mesmo.
Qual a chance disso dar certo?
Pois é, então, não sei. Acho que tem chance sim de dar certo, mas não faço ideia de como seria. Imaginava uma coisa e pelo que ouvi sobre ele é outra muito muito sem noção.

***

Então gente, mais um livro me vem a mente. "Salão de Beleza" do autor Mario Bellatin. É um livro curto, e eu comprei muito por acaso numa Feira do Livro aqui em Porto Alegre há muito tempo. 




"Escolhido por imenso júri de escritores e críticos latino-americanos como um dos vinte melhores relatos escritos em língua espanhola a partir de 1980, Salão de Beleza surpreende os leitores por sua brutal intensidade dramática. Em uma grande metrópole, um cabeleireiro, que se traveste à noite para fazer programas, monta seu sofisticado salão e cuida de aquários com inúmeras espécies de peixes. Pouco a pouco, no entanto, movido por uma piedade aparentemente gélida, ele começa a abrigar pessoas atacadas por uma peste implacável. Em nenhum momento aparece a designação da doença, mas é visível que se trata da AIDS. O desvelo e a atenção do protagonista-narrador pelos que vão morrer contrasta com a prosa fria, despojada de qualquer sentimentalismo, com que vai tecendo sua história. O resultado estético desta dualidade entre o estilo contido e a compaixão pelas dores humanas é extraordinário. Além disso, o refinado jogo temporal do texto e a metáfora lancinante dos peixes que vão desaparecendo nas águas turvas dos aquários contribuem para que esta novela se torne uma pequena obra-prima da ficção contemporânea."
A diferença ao falar dele é que eu já li, faz muito tempo. Lembro que ao ler essa sinopse, pensei: "Esse livro ou vai ser MUITO bom ou vai ser MUITO ruim." 

Esperei que fosse bom, mas não foi MUITO bom. A história é exatamente o que está descrito ali. Foi uma leitura que eu consegui terminar e não me acrescentou nada, apesar de parecer metaforicamente profundo. Sou boa de pegar metáforas e nesse nem.

OU SEJA...

Por mais louca que seja a sinopse, se você se interessou, dê uma chance ao livro. Você pode acabar lendo algo muito maravilhoso (ou não).

BOA SORTE!