domingo, 5 de abril de 2015

[Resenha 20] Série Irresistível - Christina Lauren

*** Uma série que, quando eu parei de resistir, foi simplesmente irresistível ***


Livros da Série Irresistível:
1 Cretino Irresistível - Conta sobre o romance de Bennet e Chloe;

1.5 Cretina Irresistível - É uma "novela" (história curta) sobre Bennet e Chloe.
2 - Estranho Irresistível - Conta sobre Max (colega de faculdade do Bennet) e Sarah (colega de trabalho e amiga da Chloe).
2.5 - Paixão Irresistível - Outra novela. Conta sobre Bennet, Max, Sara, Chloe e mais Henry (irmão do Bennet) e Will (protagonista do livro seguinte).
3 - Playboy Irresistível - Sobre Will e Hannah.
3.5 - Noiva Irresistível - Aparecem todos os personagens
3.6 - Beautiful Beloved - (ainda não lançado em português) Todos os personagem, mas focado em Sara e Max. Conhecemos mais uma personagem principal e também somos apresentados ao irmão do Max.
4. - Beautiful Secret - (Lançamento em inglês, 14 de abril de 2015). História sobre Niall, que já começamos a conhecer em Beautiful Beloved, em romance com Ruby.


Sinopse GERAL da série, feita por mim: Bennet é um empresário poderoso e muito FDP que maltrata todo mundo. Max é um inglês alto e charmoso, colega de trabalho de Will, um garotão pegador cuja fama o precede. No primeiro livro, Bennet conhece Chloe, uma secretária de sua empresa e o ódio entre os dois é tão instantâneo quanto a atração. No livro dois, Sarah, amiga certinha de Chloe, conhece Max de um modo inesperado e começa aflorar seu lado sexual e rebelde.  Will, no livro três, é puxado para a vida de Hannah, uma nerd sedentária que conheceu quando criança, mas que não é mais nem um pouco menininha mais. Hannah quer que Will o ensine a namorar e uma coisa vai levando a outra...
As histórias entrelaçadas, porém contadas em separado, nos prendem cada uma por um detalhe diferente: seja o "entre tapas e beijos" de Chloe e Bennet, as aventuras sexuais e tecnológicas de Max e Sarah ou o romance fofo e nerd de Will e Hannah.


Opinião: Pouco depois de comprar meu KOBO ano passado, comecei a ler essa série de livros, por acaso. Já tinha ouvido falar muito dessa série, mas não me rendia a ela. Procurei um site para baixar alguns livros e vi "Playboy Irresistível" lá. Li em menos de um dia. Como era o livro três da "série" e eu adorei, resolvi ler os outros na ordem.

Importante dizer que não tive problema algum de compreensão por ter começado pelo terceiro. Se você não quiser ler os outros e se interessar apenas pela sinopse de um deles, pode ficar tranquila. É claro que fica mais legal quando você vai se apegando aos personagens e conhecendo as piadas internas deles, mas NÃO PRECISA ler todos e dá pra entender e curtir igual.

Claro que eu recomendo PELO MENOS o "Playboy Irresistível". Duvido muito que alguma mulher não tenha se sentido um pouco parecida com Hannah em algum momento da sua vida. Por ser cientista e nerd como ela, me identifiquei mais ainda com a história. 

Sobre os Irresistíveis: De todos os caras, o que mais apelou para mim foi o Will.   Bennet tem todo aquele poder empresarial que me lembrou Christian Grey, e foi top vê-lo se desestabilizar por Chloe (sem nada de BDSM). Eles tem umas cenas beeeeeem hot. Mesmo tendo imaginado Max alto, charmoso e atraente como descrito, a personalidade dele não me atraiu muito. O Max foi o que mais me surpreendeu por seus gostos peculiares.

Sobre as meninas: Chloe é aquele mulherão que toda mulher, ao menos uma vez na vida almejou ser, e o modo como a imaginei fisicamente foi bem parecida com a atriz Debora Nascimento (a Sueli de Alto Astral, por sinal, o Bennet, bem que poderia ser comparado ao Thiago Lacerda, seu par na novela) e Sara foi um pouco ingênua demais para mim, mas mesmo não tendo me identificado, curti o livro dela. Como já mencionei, Hannah foi minha representação em "eu literário". Tá, não sou tããããão sem noção como ela, mas o sedentarismo, o gosto por homem e várias outras coisas.

Sobre as novelas: As novelas são legais, mas nenhuma delas é essencial, ao meu ver, exceto Beautiful Beloved, que eu gostei muito e mostrou um lado que eu sempre penso das histórias: Ok, eles ficaram juntos, casaram ou não e tiveram filhos ou não, mas e como continuou a vida de casal apimentada.

Sobre os "romances calientes": Achei interessante que cada casal tem a sua "coisa":  fetiche por lingeries, por seios grandes, por videos/fotos sexys, voyerismo ou tatuagens. Não são temas que eu tinha visto em outros romances, principalmente o de voyerismo. É uma abordagem bem superficial, mas mesmo assim interessante.

Ah...
Quase ia esquecendo. Os títulos. Vou implicar com os títulos de alguns dos livros da série. O "Estranho Irresistível" é de pessoa desconhecida, mas para mim lembra um pouco "pessoa esquisita" e pior que isso, "Playboy Irresistível" me remete a um cara "mauricinho", de vida fácil, nada a ver com o "Beautiful Player" do título original (algo como Belo Jogador), porque ele era "pegador" não playboy. Enfim... Apenas implicâncias minhas...

Recomendaria? Sim! Tem um Irresistível para cada tipo de mulher, encontre o seu ou leia todos!

Releria? Sim. Admito que já reli três vezes o "Playboy Irresistível" e qualquer hora devo reler o "Beautiful Beloved".